HOME > Paralímpicos
Confira os destaques da Etapa Norte-Nordeste do Circuito Caixa Paralímpico

Washington Alves/Mpix

Terminou neste domingo (01/03) a Etapa Norte-Nordeste do Circuito Caixa de Esporte Paralímpico, que reuniu desde sexta-feira (27/02) 490 atletas, das modalidade halterofilismo, natação e atletismo, no Centro de Esportes Santos Dumont, em Recife/PE.

O domingo foi de recordes no levantamento de peso. Na categoria pesado – unificada dos atletas até 97kg, até 107kg e acima de 107kg – foram cinco novas marcas no adulto e uma nos juniores. Três delas, do manauara José Ricardo Silva (Adefa/AM), da divisão acima de 107kg, que chegou à marca dos 185kg.

“Vim para Recife de olho nesse recorde. Mudei de categoria agora, mas já estava treinando em cima destas marcas. Ainda garanti o índice para o México [Regional das Américas]. Então consegui tudo o que queria aqui”, diz o atleta, que perdeu a perna direita aos 14 anos em um acidente de barco.

Apesar da manhã inspirada de Silva, a medalha de ouro dos pesos pesados ficou com o mineiro Rodrigo Marques (CDDU/MG). O atleta levantou 191kg na barra para se tornar o campeão e também bater o recorde entre os atletas com até 97kg. Na mesma prova, Marques já havia superado a melhor marca do país com 185kg.

“Essa vitória e o recorde batido duas vezes serão um empurrão para o México. Quero levantar 210kg lá para brigar por medalha”, planeja. O pódio foi composto por Rodrigo, Joseano Felipe (Cadef/RN) e José Ricardo.

O outro recorde brasileiro do dia veio entre os juniores. O também mineiro Mateus Silva (CDDU/MG) alcançou 155kg na barra para estabelecer a nova marca e conquistar uma vaga no grupo que irá ao México em abril. No pesado feminino – unificado até 73kg, até 79kg e acima de 86kg –, o pódio foi composto pela campeã Márcia Menezes (Geração Integrar/PR), pela vice Edilândia Araújo (CDDU/MG) e pela medalhista de bronze Elizete Araújo (CDDU/MG). Nesta divisão, tanto Márcia quanto Edilândia alcançaram o índice para o Regional das Américas.

Atletismo e Natação

No atletismo, o destaque ficou por conta de Jefiner Martins, da classe T38 (paralisados cerebrais). Ela disputou e levou o ouro nos 100m (14s38), nos 200m (30s41) e no salto em distância (4,19m). A pernambucana de 25 anos já tem índice para as fases nacionais do Circuito, mas decidiu competir em Recife para avaliar o desempenho neste início de temporada.

“Disputar provas em casa sempre é mais legal, porque a família vem torcer. É muito gostoso. Fiz boas marcas, mas ainda tenho que treinar mais para chegar onde eu quero. Este ano, temos Parapan de Toronto e Mundial de Atletismo (no Catar, em outubro) e eu quero muito ser convocada. Para isso, preciso melhorar sempre”, afirma Jefiner, que teve paralisia cerebral no nascimento. A bolsa da mãe rompeu, mas o parto foi realizado apenas dois dias depois.

Na piscina do Santos Dumont, a atleta Naiara Maria Linha, do Piauí, disputou os 50m costas e os 100m peito nas classes S4 e SB4, respectivamente. Na primeira prova, ficou com o ouro, com 1min47s25. Na sequência, veio a prata (3min15s93). Além das medalhas, a nadadora assegurou a participação nas etapas nacionais do Circuito Caixa Loterias.

No sábado, 28, Naiara já tinha garantido dois ouros, nos 50m e 100m livre, e também feito o tempo estabelecido para se juntar aos grandes nomes do esporte paralímpico do país.

No esporte há seis anos, a atleta, que não possui movimento nas pernas devido uma paralisia cerebral após o parto, retorna para o Piauí com vários motivos para comemorar.

“Eu volto para Teresina com a sensação de dever cumprido. O nosso grande objetivo aqui era conseguir a classificação em todas as provas para as etapas nacionais e isso foi feito. Agora, é continuar treinando forte para, quem sabe, alcançar bons resultados nas etapas nacionais”, diz Naiara.

Até junho, estão programadas outras três etapas regionais do Circuito Caixa Loterias. Após Recife, Curitiba sediará, de 27 a 29 de março, a fase Rio-Sul. Depois, a capital paulista recebe a regional São Paulo, de 15 a 17 de maio. Por último, em Uberlândia, será realizada a fase Centro-Leste, de 28 a 31 de maio. Todas as três etapas de caráter nacional ocorrerão em São Paulo, no segundo semestre.

Fonte: CPB

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização