HOME > Lutas > História no Brasil
História no Brasil

A Luta no Brasil

 

Um dos primeiros registros da luta olímpica no Brasil vem da década de 40, quando lutador “Tatu”, no Rio de Janeiro, incentivou a prática do esporte através do telecatch. Naquela época, as lutas se misturavam: luta livre, vale-tudo, catch e luta olímpica. Não havia competições ou mesmo regulamentação. Duas décadas depois, em 1963, o Brasil participou dos Jogos Pan-Americanos, realizados em São Paulo, com destaque para o atleta Agenor “Baianinho”.

Nos anos 70, o esporte ganhou novos adeptos. A vinda de um técnico mexicano ao Brasil, o professor Manuel de Andrade, fez com que a luta olímpica se espalhasse para outros centros, como Rio Grande do Sul, Bahia e Goiás.

Em 1979, o professor Roberto Leitão – pai de Roberto Leitão, que disputou a Olimpíada da Barcelona-1992 – fundou a primeira federação especializada em luta olímpica, a Federação de Lutas do Estado do Rio de Janeiro (FLERJ).

 

No Brasil, a luta ainda era comandada pela Confederação Brasileira de Pugilismo (CBP). No mesmo ano, foi criada a Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA). Em 1988, surgiu a Confederação Brasileira de Lutas (CBL), para substituir a antiga CBLA.

 

Porém, a entidade durou até 1999, quando uma dissidência criou a Confederação Brasileira de Luta Olímpica Amadora (CBLOA). Dois anos depois, no entanto, a entidade sofreu nova mudança e voltou a se chamar Confederação Brasileira de Lutas Associadas.

 

Em Olimpíadas, o Brasil participou, sem destaque, das de Seul-1988 e Barcelona-1992. Em Seul, o país foi representado por Roberto Leitão (o filho) e Floriano Spiess. Já em Barcelona apenas Roberto Leitão foi aos Jogos.

Na última Olimpíada, o país não esteve presente nas disputas de luta livre ou greco-romana. Em Atenas-2004, apenas um brasileiro vai competir: Antoine Jaoude, classificado por índice técnico na luta livre. Jaoude foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, na categoria acima de 97 kg.

 

Fonte: Uol, Terra e globo.com

Copyright © 2012-2014 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização