HOME > Esportes > Hipismo > Rodrigo Pessoa
Rodrigo Pessoa

Divulgação/COB

Vários brasileiros conquistaram destaque nas provas internacionais de hipismo, como Luiz Felipe Azevedo, Vítor Alves Teixeira, André Bier Johannpeter , Álvaro Affonso de Miranda Neto e Bernardo Alves Rezende. Porém, a principal referência do hipismo nacional e no mundo, hoje, é Rodrigo Pessoa.

Filho de Nelson Pessoa, que conquistou excelentes resultados em algumas das principais competições internacionais, sendo considerado um dos maiores cavaleiros de todos os tempos – Rodrigo Pessoa conquistou três prêmios que o pai tentou e não conseguiu.

Rodrigo integrou a equipe que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, algo inédito para a modalidade, que viu o Brasil mandar seus primeiros representantes somente nos Jogos Olímpicos de 1948.

Em outubro de 1996, aos 26 anos, ele se tornou o mais jovem campeão mundial da história, vencendo a prova individual de saltos dos Jogos Eqüestres Mundiais, em Roma (Itália), sendo considerado o maior feito do hipismo nacional. Seis meses antes, Pessoa já havia conquistado o título na Copa do Mundo.

Em maio de 1999, Rodrigo Pessoa sagrou-se tricampeão do mundo no salto, passando a ser o 1° no ranking mundial.

Divulgação

Mas foi nos Jogos Olímpicos que o saltador brasileiro acabou por marcar de vez o nome na história do hipismo mundial. Em Sydney 2000, Rodrigo ajudou a equipe de saltos a alcançar a final e conquistar mais uma medalha de bronze para o Brasil.

No entanto, o melhor ainda estava por vir. Quatro anos depois, nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, Pessoa chegou ao topo do mundo ao ganhar a tão sonhada medalha de ouro olímpica, na prova de saltos individual.

 

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização