HOME > Hipismo
Equipe de Young Riders é prata na Copa das Nações de Hipismo, nos Estados Unidos

Equipe de Young Riders é prata na Copa das Nações de Hipismo, nos Estados Unidos (FEERJ)

Assim como aconteceu no ano passado, o Brasil foi destaque e subiu diversas vezes no pódio da Copa das Nações da Juventude, que acontece durante o Festival de Hipismo de Inverno, em Wellington, nos Estados Unidos. No domingo (01/03), último dia de competições, a equipe brasileira de Young Riders (16 a 21 anos) comemorou a medalha de prata.

Defenderam o Brasil, André Reichman com Elle de Laubry, duplo zero falta, João Victor Aguiar Wamira (0/8), Yasmin Almendros / Piaf de Quintin (4/12) e Luis Antonio Piva Filho / Zaterdag Cooper (12/12), totalizando 24 pontos perdidos.

Na classificação individual André Reichman, jovem talento paranaense radicado na Bélgica, com Elle de Laubry, conquistou a medalha de bronze. O ouro ficou com Spencer Smith, dos Estados Unidos, e a prata com Jenny Ranking, da Irlanda.

Com quatro pontos perdidos, a equipe dos EUA garantiu ouro com somente três conjuntos Casady Shawn / Twister, Spenser Smith / IV Ever, Chloe Reid / Athena sendo Michael Hughes / Luxina desistiu no primeiro dia.

Completou o pódio com a medalha de bronze, a equipe da Irlanda formada por Cormac Hanley / Navy Blue Tarroy, Oliver McCarth / Crossfire 10, Jenny Ranking / Eddi Maserati e Tom Foley / Petrushka II, totalizando 38 pontos. O México chegou em 4º lugar com 53 pontos perdidos.

Bronze na categoria Junior

A equipe Junior (14 a 18 anos) do Brasil formada por Giulia Scampini, com Keep on Figthing (0/4); Sarah Vasconcellos / Warthagena (8/0); Vittorio Burger (4/4) e Alberto Sinimbu / Sharapova (4/4) garantiu presença no pódio com a medalha de bronze, totalizando 16 pontos perdidos.

Os Estados Unidos foram os campeões, com somente 1 ponto perdido, descartado o pior resultado em cada uma das duas rodadas. A Irlanda comemorou o vice-campeonato, com 13 pontos perdidos. Também estiveram em pista México e Argentina que emplacaram na 4ª e 5ª colocação e Chile e Colombia que não pontuaram porque não houve o mínimo de três resultados válidos por rodada.

Mirim é prata

A equipe Mirim (12 a 14 anos) formada por Thales Marino / Balla 12 único a garantir duplo zero falta nos dois percursos, Carlos Eduardo Assumpção com Rima TW e Pedro Egoroff / Anton 640 com apenas uma falta e Felipe Menezes com Palm DoAnjo, 8 pontos, conquistou a medalha de prata na competição, totalizando apenas 4 pontos perdidos. Na classificação geral individual, o resultado do Thales, que no mesmo dia que completou 14 anos, não poderia ser melhor com direito ao alto do pódio e hino nacional brasileiro.

Sem faltas no computo geral (descartado o pior resultado a cada rodada), o time dos Estados Unidos foi campeão. O bronze ficou com a Argentina, com 5 pontos perdidos. Também participaram da disputa equipes do México, Colombia, Porto Rico e Venezuela.

Fonte: CBH

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização