HOME > Esportes > Canoagem > No Mundial de Canoagem, Brasil conquista medalha inédita e vaga nos Jogos Rio 2016
No Mundial de Canoagem, Brasil conquista medalha inédita e vaga nos Jogos Rio 2016

No Mundial de Canoagem, Brasil conquista medalha inédita e vaga nos Jogos Rio 2016 (CBCa)

O Brasil fechou com chave de ouro sua participação no Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade, disputada em Milão, na Itália. Neste domingo (23/08), no último dia de competição, a dupla formada por Isaquias Queiroz e Erlon Souza ganhou a medalha de ouro na prova dos C2 1000m Masculino. Com esse resultado, eles garantiram a segunda vaga para o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Na Final A, os brasileiros largaram muito forte e mantiveram o ritmo até o fim da prova garantindo o ouro com o tempo de 3:38.508 e tornando-se campeões mundiais do C2 1000m Masculino. A prata ficou com os húngaros Henrik Vasbanyai e Robert Mike com 3:38.836 e o bronze com os poloneses Piotr Kuleta e Marcin Grzybowski com 3:39.305.

“Alguns anos atrás achávamos que era impossível essa conquista, mas graças a Deus deu tudo certo”, disse Erlon logo após a prova. Isaquias, que já havia conquistado ontem o bronze no C1 200m, comemorou muito o resultado. “Estou muito feliz. Depois de uma boa eliminatória e uma semifinal sabíamos que o ouro poderia vir com certeza”, comemorou.

Por ser país-sede o Brasil já tinha garantido para o Rio 2016 as vagas no C1 1000m Masculino, K1 1000m Masculino e K1 500m Masculino.

Outras finais

Valdenice Conceição foi a primeira atleta do Brasil a disputar uma Final A neste domingo em Milão. Ela terminou a prova em 6o lugar com o tempo de 49.940, em prova que o ouro ficou com a búlgara Staniliya Stamenova (48.717), a prata com a húngara Kincso Takacs (48.817) e o bronze com a bielo-russa Kamila Bobr (49.225)

No K1 1000m Feminino Ana Paula Vergutz enfrentou fortes concorrentes na Final A da categoria e chegou na 6a colocação com o tempo de 4:12.471. O ouro ficou com a húngara Erika Medveczky (4:04.037), a prata com a sérvia Kristina Bedec (4:06.397) e o bronze com a estadunidense Margaret Hogan (4:07.414).

Na primeira final de longa distância, K1 5000m Feminino, a brasileira Ana Paula Vergutz não terminou a prova. O ouro ficou com a bielo-russa Maryna Litvinchuk (22:36.06), a prata com a britânica Lani Belcher (22:40.02) e o bronze com a canadense Emilie Fournel (22:43.59).

No K1 5000m Masculino o brasileiro Celso de Oliveira Junior chegou na 18a colocação com o tempo de 21:39.22. O ouro ficou com o australiano Kenny Wallace (19:54.46), a prata com o alemão Max Hoff (19:57.57) e o bronze com bielo-russo Aleh Yurenia (20:11.91).

A primeira Final B disputada pelo Brasil foi no K4 1000m Masculino com o quarteto formado por Roberto Maehler, Edson da Silva, Vagner Souta e Celso de Oliveira Junior. Os brasileiros chegaram na 5a posição com o tempo de 3:02.661, em prova vencida pela Alemanha com o tempo de 3:00.767.

Na Final B do K1 500m Masculino Gilvan Ribeiro remou muito forte e conquistou o 3o lugar na prova com o tempo de 1:44.766, vencida pela República Tcheca (1:44.255). Gilvan Ribeiro também competiu na Final C do K1 200m Masculino e chegou em 9o colocado com o tempo de 38.182, em prova vencida pelo australiano Stephen Bird (36.665).

O Brasil ainda poderá tentar as outras vagas nas categorias olímpicos para o Rio 2016 no Campeonato Pan-americano de Canoagem Velocidade 2016, que acontece em maio do próximo ano, nos Estados Unidos.

Fonte: CBCa

Deixe o seu comentário!

TagsCanoagem, Jogos Olímpicos, Rio 2016,

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização