HOME > Esportes > Hipismo > Equipe de Saltos brilha e conquista a Copa das Nações de Hipismo, na Inglaterra
Equipe de Saltos brilha e conquista a Copa das Nações de Hipismo, na Inglaterra

Divulgação

A equipe brasileira de Salto conquistou um excelente resultado na Copa das Nações do CSIO5*, em Hickstead, Inglaterra. Na sexta-feira (28/07). o time formado por Marlon Zanotelli montando Sirene de la Motte, Pedro Veniss com For Felicia, Yuri Mansur e Babylotte, e Pedro Muylaert montando Prince Royal Z MFS, conquistou, pela primeira vez, o título de campeão do “Troféu Prince Edward of Wales” em Hickstead, totalizando apenas 4 pontos perdidos e batendo sete equipes top mundiais com 10 pontos de vantagem sobre o forte time Holanda, vice-campeão.

Além do difícil percursos, a 1.60 metro, disputado em duas voltas, o mau tempo com chuva e consequentemente piso longe do ideal foram uma dificuldade a mais. Mas com dois duplos zeros de Zanotelli e Veniss, Mansur que fez dois 12 pontos na primeira volta e zerou a segunda, o último integrante da equipe Muylaert que fechou o primeiro percurso com apenas uma falta não precisou nem cumprir o percurso final pois o Brasil já era campeão por antecipação. Sagrou-se vice-campeã da equipe da Holanda, 14 pp, e os times da Suíça e Holanda chegaram empatados em 3º lugar. A Irlanda, 17 pp, fechou em 5º lugar, seguida pela Grã Bretanha, 20 pp, França, 21 pp, Espanha, 51 pp.

Pedro Paulo Lacerda, chefe de equipe do Brasil, tinha motivos de sobra para comemorar. “Estou muito orgulhoso da minha equipe. É a primeira vez que o Brasil vence aqui uma Copa das nações tão importante”, disse Lacerda, durante a coletiva de imprensa. O cavaleiro olímpico brasileiro Veniss endossou as palavras de Lacerda. “Estou muito feliz, acho que todos fizeram um excelente trabalho e como o Pedro Paulo falou é muito especial vencer em Hickstead.”

A Copa das Nações em Hickstead foi a penúltima etapa da liga europeia da Longines FEI Nations Cup, antes da grande Final em Barcelona, entre 28/9 e 1/10. O Brasil já tem vaga garantida na Final de Barcelona e antes disputa a Copa das Nações, no CSIO Calgary, em Spruce Meadows, no Canadá, entre 6 e 10/9. A escalação da equipe será definida em datas próximas aos eventos.

Yuri Mansur vence o GP5 *

Após ajudar na conquista da medalha de ouro da equipe brasileira na Copa das Nações, Yuri Mansur montando Babylotte foi o grande campeão do GP Longines King George V Gold Cup, 1.60 metro.

Dos 47 conjuntos, somente quatro habilitaram-se ao desempate com armação de Kelvin Bywater. Último a largar, Yuri com Babylotte, um égua sela holandesa de 11 anos, precisavem zerar para garantir o título. Dito e feito, sem faltas, en 57s52, o cavaleiro paulista conquistou um dos títulos mais importantes de sua carreira.

“Foi uma experiencia incrivel, não tenho palavras para falar da minha égua. Quando a comprei ela saltava provas a 1.45 metro e não gostava muito de competir na grama, mas desde então ela só vem melhorando. Eu até quis acelarar um pouco mais, mas disse a mim mesmo: preciso zerar. Vencer aqui é um sonho, mal posso acreditar”, declarou Yuri, 37, que também garantiu o 1º posto na primeira prova internacional em Hickstead.

Pelas cores da Holanda, Ruben Romp com Audi´s Teavanta II CZ foi vice, uma falta, 53s60. Já o 3º posto foi do britânico Keith Shore com Mystic Hurricane, uma falta, 47s63. Pelas cores da Alemanha, Patrick Stühlmeyr emplacou em 4º lugar, oito pontos, 54s37.

Fonte: CBH

Deixe o seu comentário!

TagsBrasil, Hipismo, medalha,

Copyright © 2012-2016 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização