HOME > Esportes > Canoagem > Equipe de Canoagem Slalom conquista cinco medalhas no Pan de Toronto 2015
Equipe de Canoagem Slalom conquista cinco medalhas no Pan de Toronto 2015

Equipe de Canoagem Slalom conquista cinco medalhas no Pan de Toronto 2015 (CBCa)

A Seleção Brasileira de Canoagem Slalom conquistou cinco medalhas nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015, no Canadá: um ouro, no C1 Feminino, e uma prata no K1 Feminino, com Ana Sátila; duas pratas, uma com Pedro Gonçalves, no K1 Masculino, e outra com Charles Corrêa e Anderson Oliveira, no C2 Masculino. A medalha de bronze coube a Felipe Borges, no C1 Masculino.

No K1 Feminino a disputa foi acirrada, Ana Sátila ganhou a prata, mas perdeu apenas por pouco a medalha dourada. Ela ficou há dois centésimos de segundo (97.94s) atrás da primeira colocada a  canadense Jazmyne Denhollander (97.92s). Outra concorrente que surpreendeu a brasileira foi a americana Ashley Nee, a diferença entre as duas foi de um centésimo, fechando com um tempo de 97.95 segundos e ficando com o bronze.

Competindo pelo C1 Feminino, Ana Sátila desbancou as concorrentes e fez o tempo de 113.01 segundos, 18.42 a menos que a medalhista de prata a americana Collen Hickey. “Essa experiência em Toronto foi incrível, e vou levar o que eu aprendi aqui para os Jogos Olímpicos no ano que vem”, comenta a canoísta.

A atleta também avaliou as adversidades da pista realizada em um leito natural de um rio, comum em alguns locais para a prática da Canoagem Slalom.

“Fiquei impressionada com a pista, que era muito rápida. É diferente de uma corredeira artificial. Mas estou muito feliz com a vitória”.

 

Já Pedro Henrique Gonçalves fez o melhor tempo no K1 Masculino, mas por causa de uma penalidade, o atleta terminou a prova em 89.02s atrás do americano Michal Smolen com 87.14 e conquistou a medalha de prata.
“Eu estou muito contente com a minha descida na final, fiz o meu máximo. Fiz o que eu pude, fui o mais rápido, mas houve um penalidade (tirando dois segundos na descida), mas quero comemorar esta prata”, comenta o canoísta.
Outra medalha de prata foi obtida pela dupla Charles Corrêa e Anderson Oliveira no C2 Masculino, eles terminaram a prova com 109.73 segundos. Os americanos Devin Mcewan e Casey Eichefeld levaram o ouro com 106.95 segundos, já o bronze ficou para os argentinos Sebástian e Lucas Rossi.
Pelo C1 Masculino, Felipe Borges conquistou a primeira medalha do dia para a Canoagem Slalom, com o tempo de 98.41 segundos ele garantiu um bronze, superando o argentino Sebástian Rossi que tinha ficado a frente do brasileiro nas classificatórias e na semifinal. “Isso demonstra que todo o nosso trabalho e a estrutura que estamos tendo dão resultados, não tenho dúvida que nos Jogos Olímpicos em 2016 vamos buscar resultados muito bons” fala o atleta. A medalha de ouro na disputa ficou para o americano Casey Eichefeld com o tempo de 92.80s já a prata foi para o canadense Cameron Smedley (94.09s).
O Brasil ficou em segundo lugar no ranking de medalhas na Canoagem Slalom, em primeiro colocado ficou os Estados Unidos e na terceira colocação os anfitriões, o Canadá.

A Canoagem Brasileira se consagra como uma das maiores forças esportivas no Pan-americano, ao todo foram conquistadas três medalhas de ouro, seis medalhas de prata e cinco medalhas de bronze nas modalidades de Canoagem de Velocidade e Canoagem Slalom.

Fonte: CBCa

Deixe o seu comentário!

TagsCanoagem Slalom, Jogos Pan-americanos, Toronto 2015,

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização