HOME > Esportes > Tênis > Com vitória histórica de João Pedro Sorgi, Brasil avança à próxima fase da Copa Davis
Com vitória histórica de João Pedro Sorgi, Brasil avança à próxima fase da Copa Davis

Com vitória histórica de João Pedro Sorgi, Brasil avança à próxima fase da Copa Davis (CBT)

Santo Domingo (República Dominica) - Sem contar com Rogério Dutra e Thomaz Bellucci, que recusaram o convite da CBT para participar do torneio, a equipe brasileira se apoiou em um jovem desconhecido do grande público para vencer os dominicanos pelo Zonal Americano I da Copa Davis. No sábado (03/02/2018), João Pedro Sorgi, 365° do ranking mundial e convocado pela primeira vez, venceu Roberto Cid (468° do mundo) por 6/7 (8-10), 6/1 e 6/4, em 2h25 de jogo, e garantiu o Brasil na próxima fase da competição.

A importante vitória de Sorgi, paulista de 24 anos, faz com que o Brasil avance no Zonal Americano e mantenha o sonho de voltar à elite de Copa Davis. Nos dias 6 e 7 de abril, o Brasil visitará a Colômbia para mais um duelo pelo Zonal. Em caso de nova vitória, a equipe nacional disputará os playoffs para o Grupo Mundial entre os dias 14 e 16 de setembro.

O primeiro set foi duríssimo, com duração superior a uma hora. Ainda que não tenha acontecido nenhuma quebra durante toda a parcial, oportunidades não faltaram já que cada jogador teve que salvar quatro break points. O tiebreak começou superior a Cid, que chegou a liderar por 5-2, mas se desestabilizou após discussão com o árbitro e perdeu quatro pontos seguidos.

Os jogadores alternaram vantagens na parte final do tiebreak, mas Sorgi não conseguiu aproveitar nenhum dos set points que teve. O atleta da casa, por sua vez, conseguiu vencer um ponto importante no saque do paulista para vencer a parcial.

Sorgi se aproveitou de um natural relaxamento de seu adversário no começo do segundo set para conquistar a primeira quebra da partida e já liderar por 3/0. Em uma disputa de aproximadamente 20 minutos, o paulista perdeu apenas sete pontos e empatou a partida em Santo Domingo.

A partida voltaria a ficar equilibrada no terceiro set, mas enquanto Sorgi conseguia manter o saque com maior tranquilidade, seu adversário vinha tendo mais trabalho nos games de serviço. A pressão daria resultado no quinto game quando o paulista enfim conseguiu a quebra. Depois de liderar por 4/2, Sorgi chegou a permitir o empate, mas fez um ótimo game de devolução e voltou a liderar o placar imediatamente. Sacando para o jogo, o paulista chegou a cometer uma dupla-falta no primeiro match point, mas definiu o confronto com o ace para desabar em quadra e ser abraçado por toda a equipe brasileira.

Fonte: TenisBrasil

Deixe o seu comentário!

TagsBrasil, medalha, Tênis, Tóquio 2020,

Copyright © 2012-2018 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização