HOME > Esportes > Esgrima > Com 179 atletas, começa nesta quinta o Campeonato Brasileiro de Esgrima em Curitiba
Com 179 atletas, começa nesta quinta o Campeonato Brasileiro de Esgrima em Curitiba

Com 179 atletas, começa nesta quinta o Campeonato Brasileiro de Esgrima em Curitiba

Começou nesta quinta-feira, em Curitiba/PR, a edição 2013 do Campeonato Brasileiro de Esgrima. O evento, que vai até domingo (27), reúne 179 atletas, representando 13 clubes brasileiros, além de 17 atletas veteranos. Entre os participantes há representantes do país nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, como Renzo Agresta, no sabre (EC Pinheiros); Athos Schwantes, na espada (Academia Mestre Kato); e Guilherme Toldo, no florete (Grêmio Náutico União). Os atletas fazem parte do programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte.

A novidade da edição deste ano é a estreia dos equipamentos modernos de padrão internacional, que se tornou possível por meio de convênio firmado entre o Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Esgrima (CBE), em 2011.

Foram adquiridos equipamentos de uso individual e coletivo para as categorias sabre, florete e espada. As principais aquisições são seis pistas de alumínio, seis aparelhos de sinalização de toques com monitor, 24 carretéis de conexão entre os esgrimistas e o sinalizador, 24 cabos de conexão, seis cronômetros e seis balanças digitais, além de conjuntos completos de roupa (jaqueta e calça), máscaras, tênis, luvas, protetores, ponteiras, coletes eletrônicos e armas para todas elas.

Para Ricardo Avellar, diretor de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, a ação contribuirá para o desenvolvimento da modalidade no país.

“A utilização desses equipamentos é uma mudança de padrão na esgrima brasileira. Antes, os atletas tinham dificuldade em ter acesso aos materiais de ponta, encontrados somente fora do país. Os principais esgrimistas tinham a oportunidade de treinar e competir com a melhor estrutura somente nas competições internacionais, porque no Brasil, os atletas trabalhavam com uma qualidade de material muito abaixa das principais potências no esporte”, analisa Ricardo Avellar.

Inicialmente, o material vai dar suporte a 48 atletas das seleções principais das três categorias, incluindo as juvenis.

“Os equipamentos também servirão para o esporte de base. Quando falamos em 48 nomes, esse número se estende quando os equipamentos são utilizados em competições como o Campeonato Brasileiro, que reúne cerca de 200 esgrimistas. Assim, acabam atendendo atletas que não têm acesso aos instrumentos de ponta”, explicou Avellar.

Fonte: Ministério do Esporte

 

Deixe o seu comentário!

TagsCampeonato Brasileiro de Esgrima, Esgrima,

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização