HOME > Esportes > Judô > Brasil conquista sete medalhas no Pan-americano de Judô Sênior, na Costa Rica
Brasil conquista sete medalhas no Pan-americano de Judô Sênior, na Costa Rica

Brasil conquista sete medalhas no Pan-americano de Judô Sênior, na Costa Rica (CBJ)

A Seleção Brasileira de Judô conquistou sete medalhas no Campeonato Pan-Americano Sênior 2018, que terminou no sábado (21/04), em San José, na Costa Rica. No total, foram dois ouros, três pratas e dois bronzes. O destaque da campanha brasileira foi Leonardo Gonçalves (100kg), que foi campeão no meio-pesado masculino.

Para chegar à final do meio-pesado masculino, no segundo e último dia de competições, Leonardo venceu o colombiano Carlos Garzon e o dominicano Jose Nova Alcantara por ippon, na semifinal. Na decisão pelo ouro, o brasileiro foi tático para derrotar o dominicano Lewis Medina nas puniçõs (3) e conquistar seu primeiro título pan-americano.

“Gostei bastante da minha competição. Achei que eu fiz boas lutas, um golden score bem longo na final. E, em comparação ao ano passado, acho que eu vim mais experiente. Era a minha primeira grande competição no sênior e pesou um pouco o nervosismo em 2017. Esse ano eu vim mais maduro para competir e consegui o título”, analisou Gonçalves, que ficou com o bronze no ano passado.

As outras duas medalhas brasileiras do dia vieram com a pesado Beatriz Souza (+78kg), que conquistou a prata, e Eduardo Yudy Santos (81kg) ficou com o bronze no meio-médio masculino.

Quatro medalhas no primeiro dia

O Brasil começou as disputas do Pan-Americano de San José, na Costa Rica, com quatro medalhas, na sexta-feira. O grande destaque foi o bicampeonato da meio-leve (52kg) Jéssica Pereira, que conquistou seu segundo ouro pan-americano consecutivo vencendo todas as lutas por ippon. Além dela, o país ainda teve duas pratas com Tamires Crude (57kg) e Daniel Cargnin (66kg), e um bronze, com Alexia Castilhos (63kg).

“Estou muito feliz por ser bicampeã. Eu vim com esse objetivo de me manter como campeã pan-americana e, graças a Deus, saí com a vitória. Aqui eu fiz lutas duríssimas e foi uma ótima preparação para o Campeonato Mundial de Baku neste ano”, avaliou a carioca do Instituto Reação.

Fonte: CBJ

Deixe o seu comentário!

TagsBrasil, Judô, medalha, Tóquio 2020,

Copyright © 2012-2018 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização