HOME > Esgrima
Seleção Brasileira conquista dois ouros e é campeão de esgrima dos Jogos Sul-americanos

Medalha Brasil

Pela primeira vez na história da esgrima, o Brasil foi o campeão da modalidade nos Jogos Sul-americanos, em Santiago, no Chile. No último dia de competições, a Seleção Brasileira disputou os torneios por equipes e conquistou a medalha de ouro tanto no masculino como no feminino.

Primeiro a entrar em cena, a Seleção Feminina de espada venceu a Venezuela por 45 a 42. Em seguida, a Seleção Masculina de florete derrotou a do Chile, por 45 a 31. No geral, o Brasil conquistou 8 medalhas (4 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze) e terminou na primeira colocação no quadro geral de medalhas da modalidade. Foi o melhor resultado da história da esgrima brasileira.

“O que as meninas fizeram hoje é de se aplaudir, principalmente porque elas têm pouco tempo de esgrima, se se comparar com as atletas de outros países”, disse o treinador da equipe brasileira de espada, Evandro de Oliveira, que fez questão de elogiar Cleia Guilhon, a brasileira que encerrou o primeiro combate do dia.

“Ela é muito boa, mas sofreu muito com uma série de lesões, e agora foi recompensada”.

Cleia disse que, para superar, no confronto final, a venezuelana Maria Martinez, precisou se concentrar bem e superar seus próprios erros.

“Ela estava encostando no placar, então tive que me acalmar, prestar atenção onde eu estava errando, para poder derrotá-la. Não foi fácil, ela é muito experiente, já foi a dois Jogos Olímpicos”, contou Guilhon, que formou equipe com Rayssa Costa, Bianca Dantas e Amanda Simeão.

Após a vitória das meninas, foi a vez de a seleção brasileira masculina de florete entrar em ação, com Ghislain Perrier, Fernando Scavasin, João Antônio Souza e Guilherme Toldo. Num confronto um pouco mais tranquilo do que o anterior, a equipe brasileira construiu um placar dilatado e conquistou o segundo ouro do dia.

“Ficamos concentrados, treinando cerca de duas semanas, só para esta competição. E numa competição por equipes, não basta um só estar bem, todos têm que estar”, disse Guilherme Toldo, de 21 anos, um dos destaques da esgrima brasileira.

Fonte: CBEsgrima

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização