HOME > Atletismo
Keila Costa cumpre objetivo e é prata nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015

Keila Costa cumpre objetivo e é prata nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015 (CBAt)

Toronto (Canadá) - A saltadora Keila Costa conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Nesta terça-feira (21/07), a brasileira obteve a marca de 14,50 m (vento de 2.9 m/s) na quinta das seis tentativas que fez.

“Desde o início sabia que a prova seria muito difícil porque entre as participantes estava a campeã mundial”, disse Keila, referindo-se à colombiana Caterine Ibarguen, ganhadora da medalha de ouro, com 15,08 m (2.3). “Fiquei realmente muito feliz com a prata. O objetivo era o pódio”, prosseguiu.

Keila espera conseguir outra medalha no salto em distância, prova que terá a qualificação nesta quinta-feira (23). “Estou num dos melhores anos de minha carreira. Sem lesão, bem treinada e tranquila. Vou tentar lugar por outro pódio”, lembrou a atleta, de 32 anos, que no Pan-Americano do Rio, em 2007, ganhou prata nas duas provas.

A colombiana Yosiry Urrutia ficou com o bronze, com 14,38 m (3.3). A outra brasileira no triplo, Nubia Soares ficou em 11º lugar, com 13,57 m (3.1). “Queimei os dois primeiros saltos e não acertei o terceiro. Foi uma pena”, comentou a mineira, que viaja esta semana para Edmonton, também no Canadá, onde disputará o Campeonato Pan-Americano de Juvenis.

Nas outras finais da tarde/noite desta terça-feira, Darlan Romani ficou em sexto lugar no arremesso do peso, com 19,74, enquanto Jean Carlo Dolberth Machado terminou em 8º nos 3.000 m com obstáculos, com 9:04.21. Já nos 10.000 m, Giovani dos Santos completou a prova na quarta colocação, mas acabou desqualificado pelos árbitros porque teria usado o braço indevidamente para abrir espaço. Já Daniel Chaves abandonou ainda no início da prova alegando taquicardia.

Flávia Maria de Lima avançou para a final dos 800 m, marcada para as 20:30 de Brasília desta quarta-feira. Ela venceu a primeira série das semifinais, com o tempo de 2:02.39. Na segunda série, Erika Machado ficou fora ao terminar na quinta colocação, com 2:06.44. “Estou feliz com a classificação e agora é buscar um lugar no pódio”, disse a paranaense, qualificada para o Mundial de Pequim e para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Nos 100 m com barreiras, Fabiana Moraes e Adelly Santos não passaram pelas semifinais. As duas ficaram em sexto lugar nas suas séries. Fabiana correu em 13.28 (2.3) e Adelly em 13.08 (2.6).

Ouro nos 5.000m

Juliana Paula dos Santos conquistou na manhã desta terça-feira (dia 21) a medalha de ouro nos 5.000 m dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, no Estádio de Atletismo da York University. E ela comemorou muito a vitória logo na primeira prova do torneio de pista da competição.

Motivos, claro, não faltaram. Além da vitória e de garantir o primeiro ouro do Atletismo neste PAN, Juliana ainda está aprendendo a correr os 5.000 m. Esta foi a segunda prova da distância da atleta paulista, de 33 anos, que sempre disputou os 800 e os 1.500 m.

Por estar “aprendendo”, não conhecia as adversárias e teve dúvidas de como agir durante a corrida. Resolveu seguir cegamente as orientações do técnico Adauto Domingues: acompanhar as primeiras e esperar os últimos 300 metros para tentar a vitória. Deu certo.

Ela venceu com o tempo 15:45.97, depois de ter completado a penúltima volta em terceiro lugar. Quando foi à frente, na última volta, ultrapassou, primeiro, a norte-americana Kellyn Taylor, que acabou com o bronze, com 15:52.78, e pouco antes da chegada deixou para trás a mexicana Brenda Flores, medalha de prata, com 15:47.19.

“Foi a prova da minha vida”, gritou a corredora, que havia sido ouro nos 1.500 m no PAN do Rio, em 2007, assim que saiu da pista. “Estou bem treinada, mas tinha concorrentes fortes e a medalha de ouro era um sonho, felizmente alcançado.”

Fonte: CBAt

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2012-2015 NBCom Comunicação. Todos os direitos reservados.

Realização